Áreas de atuação de um gestor financeiro

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Antes de mais nada, em momento de crise é que entendemos como um gestor financeiro pode salvar uma empresa. O profissional é treinado para encontrar oportunidades mesmo em cenários adversos.

Quer saber mais sobre o gestor financeiro e sua rotina? Leia o artigo até o final e conheça suas áreas de atuação.

O que é um gestor financeiro?

O gestor financeiro é o profissional que dá suporte ao departamento de finanças. Sob o mesmo ponto de vista, para trabalhar na área é preciso ter o curso de Gestão Financeira.

A graduação tecnológica é rápida e está disponível seja online seja na modalidade presencial. Logo depois de formado, você recebe o título de Tecnólogo em Gestão Financeira.

Principais áreas de atuação do gestor financeiro

Analista de investimentos

Em primeiro lugar, o gestor financeiro usa os dados do fluxo para apontar quais melhorias podem ser feitas, quando e como.

Visto que na sua função ele tem conhecimento das receitas e despesas por período fica fácil tomar decisões.

Gestor de negócios

Uma vez que o gestor financeiro possui uma visão ampla do mercado é possível tomar decisões estratégicas.

Em outras palavras, essas decisões podem ser:

  • Se a marca está crescendo no mercado como deveria
  • Que novos produtos o cliente está procurando
  • Meios de expansão da empresa comprando firmas similares ou se filiando a marcas mais fortes

Auditor

Seja como for, o gestor financeiro pode assumir a área de auditoria da empresa. Posto que a figura do auditor está ligada ao pagamento de impostos e questões de legalização é importante conhecer bem os órgãos públicos e a legislação.

Por isso, ao trabalhar como auditor, o gestor financeiro terá que acompanhar se as diretrizes do plano diretor da empresa estão sendo seguidas pelos colaboradores e se os impostos devidos estão sendo pagos em dia.

Analista de crédito e cobrança

Por certo, ao assumir essa função, o gestor financeiro é o contato entre os clientes da empresa e as demais instituições bancárias.

Por analogia, o analista de crédito e cobrança, ao lado do sistema bancário, é responsável por:

  • Emitir boletos de cobrança
  • Verificar os limites de crédito
  • Acompanhar os contratos em andamento
  • Enviar notas fiscais

Controlador

Mesmo que a controladoria seja um braço da auditoria, o profissional possui atribuições diferentes ao entrar em cada uma dessas áreas.

Nesse hiato, a controladoria cria seu método de controle próprio. Ela tem total autonomia para escolher os meios de controle para que o planejamento saia, de fato do papel.

Em suma, o gestor financeiro na área de controle vai monitorar os processos, checar se estão sendo feitos de acordo e, se for o caso, sugerir ações para otimizar o processo.

Orçamentista

Em contraste com outras áreas, o orçamentista lida com o setor de compras da empresa.

Desse modo, o gestor financeiro está na linha de frente. O trabalho deve ser feito de tal sorte que os melhores fornecedores sejam contratados.

De conformidade com o orçamento, o profissional pesquisa preços, analisa a concorrência e lista toda a documentação necessária para a aquisição de bens e serviços.

Como resultado, são feitas planilhas para mostrar o que está sendo cotado e, consequentemente será adquirido no futuro.

Com efeito, dá para perceber que um gestor financeiro pode trabalhar em várias áreas dentro de uma empresa. Assim também há a possibilidade de trabalhar por conta própria fazendo consultoria a empresas de pequeno e médio porte.

E você, se interessa pela área? Gostaria de ser um consultor financeiro? Deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *