Como a liderança situacional tem contribuído para o desempenho das equipes.

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Você já ouviu falar em um termo chamado de Liderança Situacional? Parece um termo complicado, mas na verdade é bem simples de entender e está sendo cada vez mais incorporado ao ambiente das empresas. Esse conceito é importante especialmente em momentos de crise, algo que tem sido bastante comum nos últimos anos do mercado brasileiro.

Quer saber mais sobre a liderança situacional e como ela pode ajudar a sua equipe e o seu negócio? Então continue lendo esse post!

O que é liderança situacional?

A liderança situacional está diretamente relacionada com a capacidade que uma pessoa tem de administrar crises e demais situações do tipo que surgirem. A palavra situacional é colocada, pois o indivíduo exerce o papel de líder em uma determina situação. É nesse momento que ele precisa levar a equipe por um caminho melhor para que consigam reagir de forma positiva ainda que estejam em posição aparentemente ruim.

Não é uma habilidade simples. O líder precisa conhecer a personalidade de cada membro de sua equipe, saber quais são as qualidades e os defeitos de cada um para poder adaptá-los de forma que eles possam oferecer o melhor trabalho dentro da situação. Assim, é preciso conhecer métodos, técnicas e possuir inteligência emocional para adaptar à equipe ao contexto.

Quais são as características de um líder situacional?

Um líder situacional costuma ter algumas características que o permitem se colocar nessa função de maneira natural, como se tivesse nascido para isso ou que aprendeu muito bem todas as habilidades necessárias. Veja quais são elas:

  • está sempre em busca de conhecimento para aprimorar as decisões;

  • está em conexão constante com a equipe;

  • abre espaço para que todos possam dar ideias, ainda que sejam contrárias às suas;

  • tem consciência coletiva;

  • tem empatia;

  • incentiva a equipe a adquirir maior conhecimento;

  • pratica constantemente a criatividade com a equipe.

Essas são as características principais, mas há outras que precisam ser levadas em conta dependendo do nicho de mercado no qual esse profissional atue.

Como a liderança situacional pode contribuir para a equipe?

O líder deve trabalhar sempre em função da empresa e colaborando constantemente que a equipe. É ele quem deve guiar os demais colaboradores para uma ação positiva diante de qualquer cenário que apareça. Exercer a atividade de liderança não é algo simples, mas com a experiência, tanto teórica quanto prática, o indivíduo passa a se sentir mais seguro sobre as decisões que toma.

Assim, ele deve aprender diversas formas de liderar, pois, em cada cenário, pode ser necessária uma abordagem diferente. O líder situacional deve entender também sobre gestão de pessoas e compreender que a empresa é feita delas e que são peça fundamental na engrenagem para o sucesso do empreendimento.

É preciso, em muitas situações, ajustar o próprio comportamento para conseguir liderar bem a equipe. Ter confiança nas ações que são tomadas é de fundamental importância. Outro ponto essencial é estar preparado para enfrentar os erros que podem aparecer por uma decisão tomada. Assim, é preciso também ser mais flexível para se adaptar com maior facilidade aos mais diversos momentos.

Se interessou por essa função? Acredita que pode melhorar as suas habilidades como um líder? Então veja como o MBA Gestão de Pessoas, Legislação Trabalhista e Coaching pode ajudá-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *