Desempenho de edificações habitacionais e a segurança contra incêndio – ABNT NBR 15575:2013

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Desempenho de edificações habitacionais e a segurança contra incêndio ABNT NBR 15575 2013

A norma ABNT NBR 15575:2013 foi elaborada para garantir mais segurança, tranquilidade e conforto em casas e apartamentos. Assim, ela é útil para assegurar o melhor desempenho de edificações habitacionais e evitar problemas com incêndios. Entenda mais sobre o que essa regra exige de todos os envolvidos nas edificações.

Não basta apenas planejar e edificar um imóvel, é preciso que ele atenda às necessidades essenciais dos moradores. Por isso, é fundamental que sejam criados padrões normativos para os edifícios residenciais.

Saiba mais sobre a ABNT NBR 15575:2013 e veja como ela deve ser aplicada pelos especialistas do mercado na área de Construção Civil.

A importância da norma ABNT NBR 15575:2013

Tendo origem em 2013, a NBR 15575 é uma regra de desempenho da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Ela entrou em vigor em julho do ano em que foi elaborada.

Sendo assim, a norma estabelece parâmetros técnicos fundamentais para uma edificação. Seu objetivo é definir a responsabilidade de cada parte envolvida, como: projetistas, construtores, incorporadores, fabricantes dos materiais utilizados, administradores do condomínio, além dos próprios habitantes.

Logo, ela determina como cada um dos envolvidos deve proceder para que o melhor desempenho da construção. Desse modo, a determinação é capaz de garantir que os usuários possam estar seguros e confortáveis em sua moradia.

A regra foi a primeira entre as normas brasileiras a integrar a qualidade de um produto aos seus resultados no nível de satisfação do consumidor. Sendo assim, a NBR 15575 simboliza um grande avanço para a realidade socioeconômica do Brasil.

Sistemas considerados para o Desempenho de edificações habitacionais

A ABNT NBR 15575 classifica um imóvel com 5 partes importantes, que são: Estrutura, Cobertura, Pisos, Sistema hidrossanitário e Vedações. Veja em detalhes cada um desses itens.

Estrutura

São os critérios e padrões para manter a resistência e estabilidade de uma construção. Com isso, inclui os métodos para realizar modificações estruturais que podem ser aplicadas sem que o edifício residencial sofra com rachaduras ou demais danos.

Coberturas

 

Exige o pé-direito mínimo com 2,5m de altura, variando em corredores e banheiros. A norma ainda define especificações para o peso que a cobertura deve ser capaz de suportar, além das horas que ela precisa resistir antes de ser afetada integralmente por um incêndio.

Pisos

Determina níveis seguros de abrasividades para que o escoamento seja evitado, ajudando para que não ocorram acidentes domésticos. Estabelece, ainda, os requisitos de impacto e resistência dos pisos.

Sistemas hidrossanitários

 

Exige que todos os edifícios estejam integrados à rede de esgoto do município ou que possuam formas próprias para coletar e tratar os desejos. Também define que a pressão, peso e tubulação da água consumida esteja dentro dos critérios de bom desempenho.

Vedações

Determina que deve haver: proteção acústica, estanqueidade, conforto térmico e impermeabilidade na construção. Esta seção pode ser adaptável de acordo com a região climática do país.

 

A ABNT NBR 15575:2013 também inclui definições contra incêndio e pânico. Sempre visando manter a comunidade com mais conforto e segurança, prevenindo possíveis acidentes ou falhas estruturais. Seguindo as vigências técnicas, é possível que o profissional em construção civil possa desenvolver sua carreira profissional com sucesso.

 

Já conhecia a norma para desempenho de edificações habitacionais e segurança contra incêndio? Comente contando sua opinião sobre a importância da ABNT NBR 15575:2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *