MAIS VENDAS PARA O SEU SITE: MARKETING NO VAREJO E E-COMMERCE

Tempo de leitura: 4 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O marketing de varejo busca observar o comportamento do consumidor, compreender as suas necessidades e vontades para, então, definir as estratégias adequadas para o seu perfil. Isso porque o objetivo de todas as estratégias ou ações é o de promover e aumentar a comunicação com o cliente, criando um relacionamento entre a empresa e o consumidor, o que resulta em mais vendas.

Mas, se a sua pergunta é: “como aliar varejo e e-commerce?” fique tranquilo, este artigo era esclarecer diversas dúvidas e irá orientá-lo de uma maneira clara sobre esses dois assuntos. Vamos lá!

O que é marketing de varejo?

De forma simples, podemos dizer que é uma gama de atividades que são feitas por varejistas para:

– Vender mais;

– Promover os produtos da sua loja;

– Entender os clientes;

– Tomar decisões antes dos concorrentes.

Quais são os objetivos do marketing de varejo?

O principal objetivo do marketing de varejo é melhorar os processos de: produto, preço, promoção, ponto, apresentação e consumo, além de entender as tendências do mercado e de consumo.

Para que tudo isso seja vantajoso, é necessário ser rápido e se antecipar em relação à concorrência.

Agora que você está entendendo mais sobre o varejo, vamos apresentar o e-commerce para você.

O que é e-commerce?

E-commerce (ou “comércio eletrônico” em português) é uma modalidade de comércio onde os negócios e transações financeiras são realizadas via dispositivos e plataformas eletrônicas, como computadores, tablets e smartphones.

Dados

Não é segredo que, ao longo dos anos, o varejo se transformou junto com os clientes. Hoje, as pessoas buscam novas formas de consumir e prezam muito por praticidade e segurança. Comprar pela internet se tornou um hábito cada vez mais comum entre os consumidores: de 2011 até 2017, o faturamento das compras on-line subiu de R$ 18,7 milhões para R$ 47,7 milhões no Brasil.

Como funciona o e-commerce?

Como funciona a estrutura de um e-commerce? Basicamente, a roda gira da seguinte maneira: exposição de produtos, pagamento (concretização da venda) e entrega de mercadorias. No meio disso, existem processos que vão do marketing e atendimento inicial, passando pela logística de envio e pós-venda.

Em uma loja virtual ou marketplace, os produtos estão anunciados em páginas, que funcionam como vitrines. Nele, fotos dos produtos e vídeos são comuns. Também são apresentadas as especificações técnicas e características como peso, dimensões e preço.

O cliente, então, pode adicionar um produto ao carrinho e continuar comprando ou seguir para o pagamento. Na hora de pagar, ele deve fazer um breve cadastro ou fornecer informações básicas, como nome, CPF e endereço de entrega. Dependendo do local, há a cobrança de frete, que é incluída à parte do preço.

A escolha da forma de pagamento vem em seguida. Ao optar pelo cartão de crédito ou débito, as informações são transmitidas por uma rede segura, de modo a evitar fraudes. Depois, o cliente só precisa esperar para receber o pedido no lugar desejado.

Tenha um e-commerce otimizado

Atualmente, ter uma presença online com um e-commerce significa marcar presença na vida do seu cliente. Para isso, é necessário seguir alguns passos:

– Desenvolva um bom plano de negócio;

– Tenha uma equipe experiente;

– Defina bem os processos;

– Escolha bons parceiros;

– Tenha uma boa ferramenta de atendimento.

Quais são as vantagens de um e-commerce?

Vender pela internet é vantajoso, em primeiro lugar, porque é possível diminuir custos. Você não precisa, necessariamente, manter uma loja física — basta ter um ambiente para estocar produtos e despachar os pedidos. Também é uma forma de ficar atualizado com as novas necessidades e de gerar conforto para os clientes.

Ao entender o varejo, você já deu o primeiro passo para iniciar a construção de um e-commerce com melhor foco no cliente, assim, oferecendo mais que um produto de qualidade, como também um serviço único, que definirá a cara do seu negócio.

Mas vale frisar que este artigo é só o início de um assunto super amplo que pode ser conferido por completo em nosso MBA em Gestão Comercial Marketing e Vendas.

Caso tenha alguma dúvida, fique à vontade para perguntar, teremos o maior prazer em responder você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *