Princípios da Gestão de Pessoas

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Gerir as pessoas. Esse está sendo um dos maiores desafios das empresas, especialmente aquelas que já descobriram a importância dos recursos humanos para o sucesso do negócio. Por isso, a Gestão de Pessoas é tão essencial dentro das instituições. É uma área da empresa responsável por desenvolver profissionais, atrair os melhores do mercado e, é claro, motivar a equipe.

Um medo muito comum dos empresários, especialmente dos pequenos, é investir no funcionário e ele acabar pedindo demissão. Levando consigo todo o investimento que a empresa fez para que ele tivesse conhecimento que tem. Porém, pior é não investir e elas ficarem na sua empresa. Provavelmente, o sucesso do seu empreendimento ficará comprometido.

Para ajudá-lo a fazer uma boa Gestão de Pessoas e conhecer um pouco mais sobre o assunto, listamos abaixo os princípios que regem esse tipo de gestão. Vamos lá?

Motivação

A motivação tem como maior objetivo fazer com que cada membro da equipe se comprometa com a empresa. Que os seus objetivos pessoais estejam alinhados aos do negócio. Se isso não acontece, a sua empresa pode até fechar as portas. Um membro da equipe que não se sente motivado, produz muito menos que os outros e está sempre pronto para ir para a concorrência na primeira oportunidade.

Para motivar as pessoas, o primeiro passo é compreender por que elas escolheram estar naquela empresa, o que há ali que as motiva. A partir daí é possível criar diversos motivadores como os financeiros, elogios, criar um plano de carreira e assim por diante.

Processo de comunicação

Não adianta tentar motivar se não existe uma boa comunicação entre os membros da empresa. Uma comunicação mais integrada é essencial para que todos os processos se desenvolvam. Para isso, os gestores devem incentivar o diálogo dentro das empresas.

Por exemplo, digamos que algum funcionário não queira tirar uma dúvida de algo da reunião que acabou de acontecer. Ele fica com medo de que isso seja visto de forma errada, como se ele não estivesse prestando atenção ou que apresente algum tipo de dificuldade em entender as ordens. É esse tipo de “trava” que não pode existir.

Trabalho em equipe

Cada vez mais as empresas estão precisando de pessoas que saibam trabalhar em equipe. Afinal de contas, uma organização é feita de várias pessoas e elas precisam trabalhar em harmonia. É o gestor quem deve incentivar essa interação. Como? Criando grupos de trabalho, utilizando softwares para o compartilhamento de tarefas (assim todos sabem o que cada um está fazendo), promovendo reuniões de acompanhamento e, é claro, proporcionando momentos de diversão.

Conhecimento e competência

Se os funcionários não possuem conhecimento ou competência para exercer a função atual, isso precisa mudar. Afinal de contas, uma pessoa assim não saberá exatamente o que fazer, o que pode comprometer e muito o desenvolvimento de um negócio. Para resolver esse problema, a Gestão de Pessoas precisa identificar quais os pontos fracos e fortes de cada membro da equipe. Após essa identificação ficará mais fácil ajustar as deficiências.

Percebeu como a Gestão de Pessoas é importante para qualquer empreendimento? Então, é uma área de atuação que, certamente, tende a crescer. As empresas estão, cada vez mais, percebendo a importância desse profissional já que também estão dando maior importância para as pessoas dentro da organização.

Quer atuar na Gestão de Pessoas? Então, comece fazendo o nosso curso de graduação em Processos Gerenciais EAD na GAP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *